1º DE NOVEMBRO: SOLENIDADE DE TODOS OS SANTOS s

105

Alegrai-vos e exultai, porque será grande a vossa recompensa nos céus. Mt 5,12a

Leituras da liturgia eucarística: Ap 7,2-4.9-14; Sl 23; 1Jo 3,1-3; Mt 5,1-12a

EVANGELHO: Mt 5,1-12a

uvd

 

Naquele tempo, vendo Jesus as multidões, subiu ao monte e sentou-se. Os discípulos aproximaram-se, e Jesus começou a ensiná-los:

“Bem-aventurados os pobres em espírito, porque deles é o Reino dos Céus.

Bem-aventurados os aflitos, porque serão consolados.

Bem-aventurados os mansos, porque possuirão a terra.

Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados.

Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia.

Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus.

Bem-aventurados os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus.

Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino dos Céus!

Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem, e, mentindo, disserem todo tipo de mal contra vós, por causa de mim. Alegrai-vos e exultai, porque será grande a vossa recompensa nos céus”.

 

REFLEXÃO

“Bem-aventurados: a felicidade, aqui prometida, pertence somente aos que temem o Senhor (Sl 39,5;83,13). Foi prometida por Jesus a várias categorias de pessoas, entre as quais predomina a dos pobres, sendo tudo mais apenas especificação do que comporta a pobreza em espírito. Ora, a esses pobres, a esses deserdados, a essa gente que não conta na sociedade é agora oferecida a felicidade, se souberem pôr sua confiança no Senhor (em espírito). De fato, ela é possível porque Jesus está presente, e é oferecida aos que o ouvem com fé, apesar da dura realidade de sua situação atual. Quando? Os vv. 11-12, que descrevem a sorte dos que seguem o Senhor, indicam que a verdadeira recompensa e a alegria total não são deste mundo.” (Missal Dominical, Paulus, 1995, p. 1370)

“Todos os fiéis cristãos, de qualquer estado ou ordem, são chamados à plenitude da vida cristã e à perfeição da caridade. Todos são chamados à santidade: ‘Deveis ser perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito’ ” (Mt 5,48). (CIC 2013).

 

ORAÇÃO

Deus eterno e todo-poderoso, que nos dais celebrar numa só festa os méritos de todos os Santos, concedei-nos por intercessores tão numerosos a plenitude da vossa misericórdia. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém. (Oração das Horas)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s