ORAÇÕES A SÃO JOSÉ OPERÁRIO

BLOG SANTA FAMIGLIA

Abençoai, ó Senhor, a obra das nossas mãos“.

I

Senhor dos séculos e dos milênios, abençoai o trabalho diário com que o homem e a mulher buscam o pão para si mesmos e para os seus entes queridos. Nas vossas mãos paternais depositamos também os afãs e os sacrifícios ligados ao trabalho, em união com o vosso Filho Jesus Cristo, que resgatou o trabalho humano do jugo do pecado e o restituiu à sua dignidade originária. A Vós sejam dados louvor e glória, hoje e sempre. Amém! (São João Paulo II)

 

II

Glorioso São José, modelo de todos aqueles que são votados ao trabalho, obtende-me a graça de trabalhar com espírito de penitência para expiação de meus numerosos pecados; trabalhar com consciência, pondo o culto do dever acima de minhas inclinações; trabalhar com recolhimento e alegria, olhando como uma honra empregar e desenvolver pelo trabalho os dons recebidos de Deus; trabalhar com ordem, paz, moderação e paciência, sem nunca recuar perante o cansaço e as dificuldades; trabalhar, sobretudo com pureza de intenção e com desapego de mim mesmo, tendo sempre diante dos olhos a morte e a conta que deverei dar do tempo perdido, dos talentos desperdiçados, do bem omitido e da vã complacência nos sucessos, tão funesta à obra de Deus, tudo por Jesus, tudo por Maria, tudo à vossa imitação, Ó! Patriarca São José! Tal será a minha divisa na vida e na morte! Amém. (São Pio X)

– Indulgência de 300 dias se recitada uma vez ao dia

 

III

Ó glorioso São José, que velaste a tua incomparável e real dignidade de guarda de Jesus e da Virgem Maria, sob a humilde aparência de artífice, e com o teu trabalho sustentastes as suas vidas, protege com amável poder os teus filhos que estão a ti confiados. Tu conheces as angústias e sofrimentos deles, porque tu mesmo experimentaste isto ao lado de Jesus e de sua Mãe. Não permitas que, oprimidos por tantas preocupações, esqueçam o fim para que foram criados por Deus; não deixes que os germes da desconfiança lhes dominem as almas imortais. Recorda a todos os trabalhadores que – nos campos, nas fábricas, nas minas e nos laboratórios da ciência – não estão sós para trabalhar, gozar e servir, mas que junto a eles está Jesus com Maria, Mãe sua e nossa, para os suster, para lhes enxugar o suor e mitigar as fadigas. Ensina-lhes a fazer do trabalho, como fizeste tu, instrumento altíssimo de santificação. (São João XXIII)

 

IV

(Pelos operários)

São José, veneramos em vós o modelo dos operários, o amigo dos pobres, dos emigrantes, dos que sofrem, o santo da divina Providência.

Fostes na Terra a imagem da bondade e do cuidado universal do Pai celeste.

Fostes o carpinteiro de Nazaré, o mestre de trabalho do Filho de Deus que se fez, por nós, humilde operário.

Intercedei a Deus por todos os que se esforçam no trabalho espiritual, intelectual e manual. Providenciai, junto ao Senhor, para todas as nações, uma legislação e ordem social conforme o Evangelho, para que cresça, em toda parte, o espírito cristão de justiça, de amor e de paz. Amém. (Pe. Tiago Alberione)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s