23 DE SETEMBRO – SÃO PADRE PIO DE PIETRELCINA

Eu vos darei pastores segundo o meu coração, que vos conduzam com inteligência e sabedoria (Jr 3,15).

Oração do dia

Ó Deus, que enriquecestes são Pio de Pietrelcina com o espírito de verdade e de amor para apascentar o vosso povo, concedei-nos, celebrando sua festa, seguir sempre mais o seu exemplo, sustentados por sua intercessão. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Sobre São Padre Pio

“Este digníssimo seguidor de São Francisco de Assis nasceu no dia 25 de maio de 1887, em Pietrelcina (Itália). Seu nome verdadeiro era Francesco Forgione. Ainda criança era muito assíduo com as coisas de Deus, tendo uma inigualável admiração por Nossa Senhora e o seu Filho Jesus, os quais via constantemente devido à grande familiaridade. Ainda pequenino havia se tornado amigo do seu Anjo da Guarda, a quem recorria muitas vezes para auxiliá-lo no seu trajeto nos caminhos do Evangelho.

Conta a história que ele recomendava, muitas vezes, para as pessoas à recorrerem ao seu Anjo da Guarda, estreitando assim a intimidade dos fiéis para com aquele que viria a ser o primeiro sacerdote da história da Igreja a receber os estigmas do Cristo do Calvário. Com quinze anos de idade entrou no Noviciado da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, em Morcone, adotando o nome de “Frei Pio”; e foi ordenado sacerdote em 10 de agosto de 1910 na Arquidiocese de Benevento. Após a ordenação, Padre Pio precisou ficar com sua família até 1916, por motivos de saúde e, em setembro desse mesmo ano, foi enviado para o convento de São Giovanni Rotondo, onde permaneceu até o dia de sua morte.

Abrasado pelo amor de Deus, marcado pelo sofrimento e profundamente imerso nas realidades sobrenaturais, Padre Pio recebeu os estigmas, sinais da Paixão de Jesus Cristo, em seu próprio corpo. Entregando-se inteiramente ao Ministério da Confissão, buscava, por meio desse sacramento, aliviar os sofrimentos atrozes do coração de seus fiéis e libertá-los das garras do demônio, conhecido por ele como “barba azul”.

Torturado, tentado e testado muitas vezes pelo maligno, esse grande santo sabia muito da sua astúcia no afã de desviar os filhos de Deus do caminho da fé. Percebendo que não somente deveria aliviar o sofrimento espiritual, recebeu de Deus a inspiração de construir um grande hospital, conhecido como “Casa Alívio do Sofrimento”, que se tornou uma referência em toda a Europa. A fundação desse hospital se deu a 5 de maio de 1956.

Devido aos horrores provocados pela Segunda Guerra Mundial, Padre Pio cria os grupos de oração, verdadeiras células catalisadoras do amor e da paz de Deus, para serem instrumentos dessas virtudes no mundo que sofria e angustiava-se no vale tenebroso de lágrimas e sofrimentos. Na ocasião do aniversário de 50 anos dos grupos de oração, Padre Pio celebrou uma Missa nesta intenção. Essa Celebração Eucarística foi o caminho para o seu Calvário definitivo, em que entregaria a alma e o corpo ao seu grande Amor: Nosso Senhor Jesus Cristo; e a última vez em que os seus filhos espirituais veriam a quem tanto amavam.

Era madrugada do dia 23 de setembro de 1968, no seu quarto conventual, com o terço entre os dedos repetindo o nome de Jesus e Maria, descansa em paz aquele que tinha abraçado a Cruz de Cristo, fazendo dela a ponte de ligação entre a terra e o céu.

Foi beatificado no dia 2 de maio de 1999 pelo Papa João Paulo II e canonizado no dia 16 de junho de 2002 também pelo saudoso Pontífice. Padre Pio dizia: ‘Ficarei na porta do Paraíso até o último dos meus filhos entrar!’. São Pio de Pietrelcina, rogai por nós!

Fonte: https://santo.cancaonova.com/santo/sao-pio-de-pietrelcina-alivio-para-os-sofrimentos-de-seus-fieis/

ORAÃO DE SÃO PADRE PIO DE PIETRELCINA

Fica comigo, Senhor!

Fica Senhor comigo, pois preciso da Tua presença para não te esquecer.
Sabes quão facilmente posso te abandonar.
Fica Senhor comigo, porque sou fraco e preciso da Tua força para não cair.
Fica Senhor comigo, porque és minha vida, e sem Ti perco o fervor.
Fica Senhor comigo, porque és minha luz, e sem Ti reina a escuridão.
Fica Senhor comigo, para me mostrar Tua vontade.
Fica Senhor comigo, para que ouça Tua voz e te siga.
Fica Senhor comigo, pois desejo amar-te e permanecer sempre em tua companhia.
Fica Senhor comigo, se queres que te seja fiel.
Fica Senhor comigo, porque, por mais pobre que seja minha alma, quero que se transforme num lugar de consolação para Ti, um ninho de amor.

Fica comigo, Jesus, pois se faz tarde e o dia chega ao fim; a vida passa, e a morte, o julgamento e a eternidade se aproximam. Preciso de Ti para renovar minhas energias e não parar no caminho. Está ficando tarde, a morte avança e eu tenho medo da escuridão, das tentações, da falta de fé, da cruz, das tristezas.

Oh, quanto preciso de Ti, meu Jesus, nesta noite de exílio!

Fica comigo nesta noite, Jesus, pois ao longo da vida, com todos os seus perigos, eu preciso de Ti. Faze, Senhor, que te reconheça como te reconheceram teus discípulos ao partir do pão, a fim de que a Comunhão Eucarística seja a luz a dissipar a escuridão,a força a me sustentar, a única alegria do meu coração.

Fica comigo, Senhor, porque na hora da morte quero estar unido a Ti, se não pela Comunhão, ao menos pela graça e pelo amor!

Fica comigo, Jesus. Não peço consolações divinas, porque não às mereço, mas apenas o presente da tua presença, ah, isso sim eu te suplico!

Fica Senhor comigo, pois é só a Ti que procuro o Teu amor, a Tua graça, a Tua vontade, o Teu coração, o Teu Espírito, porque te amo, e a única recompensa que te peço é poder amar-te sempre mais.

Como este amor resoluto, desejo amar-te de todo o coração enquanto estiver na terra, para continuar a te amar perfeitamente por toda a eternidade. Assim seja.

São Padre Pio, rogai por nós!

Novena ao São Padre Pio

Esta novena pode ser rezada a qualquer tempo, mas é especialmente recomendada de 14 a 22 de setembro, nos nove dias que antecedem a memória litúrgica do santo de Pietrelcina (em 23 de setembro).

Os textos dos dias da novena — que mencionam fatos, devoções e frases do Padre Pio — foram retirados de vários lugares da internet, em língua inglesa e italiana, e devidamente adaptados para esta publicação. A coroinha do Sagrado Coração de Jesus foi extraída da obra Palavras de luz: florilégio do epistolário (São Paulo: Loyola, 2001, pp. 253-254), segundo a qual “Padre Pio rezava esta coroinha diariamente, na intenção de todos os que se recomendavam a suas orações”. A oração final, enfim, foi traduzida por nossa equipe a partir da oração Coleta em latim para a Missa própria do santo.

Quem conhece este santo do século XX, ainda que em linhas gerais, nem sequer precisa ser convencido da importância de seu culto e intercessão. Padre Pio foi um sacerdote extraordinário. Os milagres portentosos que, ainda em vida, Deus se dignou realizar por suas mãos, são um verdadeiro “tapa na cara” do homem moderno, tão cético, descrente e “cego” para as coisas do alto. 

Para os que ainda não sabem de sua história, no entanto, intercalamos as orações da novena com alguns vídeos do Padre Paulo Ricardo a seu respe

1.º dia

São Pio de Pietrelcina, que trouxestes em vosso corpo os sinais da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo e carregastes a cruz por todos nós, suportando os sofrimentos físicos e morais que vos flagelavam a alma e o corpo num martírio contínuo: intercedei junto a Deus, para que cada um de nós saiba aceitar as pequenas e as grandes cruzes da vida, transformando cada sofrimento num vínculo inabalável que nos una à vida eterna.

“Acostuma-te com os padecimentos que Jesus mandar. O Senhor, que sofre com tua aflição, virá para consolar-te, infundindo muitas graças em tua alma” (Padre Pio).

Rezar a Coroa do Sagrado Coração e a Oração final, abaixo.

2.º dia

São Pio de Pietrelcina, que junto a Nosso Senhor Jesus Cristo soubestes resistir às tentações do maligno e sofrestes os golpes e as vexações dos demônios que queriam levar-vos a abandonar vossa estrada de santidade: intercedei junto ao Altíssimo, para que também nós, com o vosso auxílio, encontremos a força necessária para renunciar ao pecado e conservar a fé até o dia de nossa morte.

“Na verdade, as tentações a que tenho sido sujeito são muitíssimas; porém, confio na divina Providência em que não cairei nos laços do enganador” (Padre Pio).

Rezar a Coroa do Sagrado Coração e a Oração final, abaixo.

3.º dia

São Pio de Pietrelcina, que amastes tanto a Mãe celeste, que dela recebestes diariamente graças e consolações: intercedei por nós junto à Virgem Santa, colocando em suas mãos os nossos pecados e as nossas tíbias orações, a fim de que, assim como em Caná da Galileia, o Filho diga sim à Mãe e o nosso nome seja escrito no livro da vida.

“Que Maria seja a estrela que vos aclare o caminho e mostre como ir com segurança ao Pai celeste; que ela seja como uma âncora à qual deveis sempre vos agarrar, sobretudo nos momentos de provação” (Padre Pio).

Rezar a Coroa do Sagrado Coração e a Oração final, abaixo.

4.º dia

São Pio de Pietrelcina, que tanto amastes vosso anjo da guarda, o qual foi vosso guia, defensor e mensageiro; a vós os seres angélicos levaram as preces de vossos filhos espirituais: intercedei junto ao Senhor, para que também nós aprendamos a invocar o nosso anjo da guarda, que durante toda a nossa vida está pronto para nos sugerir o caminho do bem e nos dissuadir de fazer o mal.

“Invoca o teu anjo da guarda, que te iluminará e conduzirá. O Senhor colocou-o perto de ti justamente para isso. Por isso, serve-te dele” (Padre Pio).

Rezar a Coroa do Sagrado Coração e a Oração final, abaixo.

5.º dia

São Pio de Pietrelcina, que nutristes uma grandíssima devoção às almas do purgatório, pelas quais vos oferecestes como vítima expiatória: rogai ao Senhor que infunda em nós o sentimento de compaixão e de amor que vós tínheis por essas almas, para que também nós consigamos reduzir-lhes o tempo de purgação, buscando, com sacrifícios e orações, ganhar para elas as santas indulgências de que necessitam.

“A vós, Senhor, suplico-vos que derrameis sobre mim os castigos reservados aos pecadores e às almas do purgatório; multiplicai-os em mim, contanto que convertam e salvem os pecadores e libertem em breve as almas do purgatório” (Padre Pio).

Rezar a Coroa do Sagrado Coração e a Oração final, abaixo.

6.º dia

São Pio de Pietrelcina, que amastes os enfermos mais do que a vós mesmo, vendo neles Jesus, e em nome do Senhor operastes milagres de curas no corpo, devolvendo a esperança de vida e a renovação no Espírito: rogai ao Senhor para que todos os enfermos, por intercessão de Maria Santíssima, possam experimentar vosso poderoso patrocínio e, por meio da cura física, possam colher vantagens espirituais que os levem a agradecer ao Senhor e a louvá-lo eternamente.

“Se, depois, eu sei que uma pessoa está aflita, seja na alma ou no corpo, o que eu não faria junto com o Senhor para vê-la livre de seus males? Com prazer carregaria sobre mim todas as suas aflições, para vê-la salva, oferecendo em seu favor os frutos de tais sofrimentos, se o Senhor assim me permitisse” (Padre Pio).

Rezar a Coroa do Sagrado Coração e a Oração final, abaixo.

7.º dia

São Pio de Pietrelcina, que aderistes ao projeto de salvação do Senhor, oferecendo vossos sofrimentos para libertar os pecadores dos armadilhas de Satanás: intercedei junto a Deus para que os que não creem tenham a fé e se convertam; os pecadores se arrependam do fundo do coração; os tíbios se afervorem na vida cristã; e os justos perseverem no caminho da salvação.

“Se o pobre mundo pudesse ver a beleza da alma na graça, todos os pecadores e todos os incrédulos se converteriam no mesmo instante” (Padre Pio).

Rezar a Coroa do Sagrado Coração e a Oração final, abaixo.

8.º dia

São Pio de Pietrelcina, que tanto amastes vossos filhos espirituais, muitos dos quais conquistastes para Cristo ao preço de vosso sangue: concedei também a nós, que não vos conhecemos pessoalmente, considerar-nos vossos filhos espirituais. Com a vossa paterna proteção, com a vossa santa guia e com a força que nos obtereis do Senhor, poderemos, no momento da morte, encontrar-vos às portas do Paraíso à espera de nossa chegada.

“Felizes aquelas almas inscritas no livro da vida eterna! Mil vezes felizes aquelas almas que em vida conseguem ser as filhas prediletas do divino Coração!” (Padre Pio).

Rezar a Coroa do Sagrado Coração e a Oração final, abaixo.

9.º dia

São Pio de Pietrelcina, que tanto amastes a Santa Mãe Igreja: intercedei junto ao Senhor para que mande operários para sua messe e dê a cada um deles a força e a inspiração dos filhos de Deus. Pedimos-vos também que intercedais junto à Virgem Maria para que ela faça retornar ao seio da verdadeira Igreja os que erram fora dela, abrigados por fim no único redil de Cristo, farol de salvação no mar tempestuoso desta vida.

“Permanece sempre agarrado à Santa Igreja Católica, porque só ela pode dar a verdadeira paz, pois só ela possui Jesus sacramentado, o verdadeiro Príncipe da Paz” (Padre Pio).

Rezar a Coroa do Sagrado Coração e a Oração final, abaixo.

Coroinha do Sagrado Coração de Jesus 

  1. Ó meu Jesus, que dissestes: “Em verdade vos digo, pedi e recebereis, buscai e encontrareis, batei e vos será aberto”, aqui estou batendo, buscando, pedindo a graça… Pai-nossoAve-Maria e Glória. Sagrado Coração de Jesus, eu confio e espero em Vós.
  2. Ó meu Jesus, que dissestes: “Em verdade vos digo, tudo o que pedirdes ao Pai em meu nome, Ele vos concederá”, ao vosso Pai, em vosso nome, eu peço a graça… Pai-nossoAve-Maria e Glória. Sagrado Coração de Jesus, eu confio e espero em Vós.
  3. Ó meu Jesus, que dissestes: “Em verdade vos digo, passarão o céu e a terra, mas as minhas palavras nunca”, apoiando-me na infalibilidade de vossas santas palavras, eu peço a graça… Pai-nosso, Ave-Maria e Glória. Sagrado Coração de Jesus, eu confio e espero em Vós.

Ó Sagrado Coração de Jesus, a quem é impossível não ter compaixão dos infelizes, tende piedade de nós, míseros pecadores, e concedei-nos as graças que vos pedimos por meio do Imaculado Coração de Maria, vossa e nossa terna Mãe.

São José, pai adotivo do Sagrado Coração de Jesus, rogai por nós! 

Salve Rainha, Mãe de misericórdia

Oração final

Deus eterno e todo-poderoso, que destes a São Pio, presbítero, a graça singular de tomar parte na crucificação do vosso Filho, e que por seu ministério renovastes as maravilhas de vossa misericórdia, concedei-nos por sua intercessão que, associados continuamente aos sofrimentos de Cristo, sejamos com alegria conduzidos à glória da ressurreição. Pelo mesmo Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que convosco vive e reina na unidade do Espírito Santo. Amém.

Fonte: padrepauloricardo.org

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s