NATIVIDADE DE NOSSA SENHORA – 8 DE SETEMBRO

NativitdiMaria

A festa da Natividade de Nossa Senhora liga-se estreitamente à vinda do Messias, como promessa, preparação e fruto de salvação. Veneramos hoje a Maria, aurora que precede o “sol da justiça”, e recordamos os acontecimentos que prepararam o nascimento de Jesus. (LD Ano XXIV nº285)

 

Celebremos com alegria o nascimento da Virgem Maria: por ela nos veio o sol da justiça, o Cristo, nosso Deus. (Ant.Entr.)

 

ORAÇÃO DO DIA

Abri, ó Deus, para os vossos servos e servas os tesouros da vossa graça; e assim como a maternidade de Maria foi a aurora da salvação, a festa do seu nascimento aumente em nós a vossa paz. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

 

Leituras da liturgia eucarística: Mq 5,1-4; Sl 70; Mt 1,1-16.18-23 ou 1,18-23

 

EVANGELHO:  Mt 1,1-16.18-23 ou 1,18-23

nacimiento-virgen-maria

Livro da origem de Jesus Cristo, filho de Davi, filho de Abraão. Abraão gerou Isaac; Isaac gerou Jacó; Jacó gerou Judá; Judá gerou Farés e Zara, cuja mãe era Tamar. Farés gerou Esrom; Esrom gerou Aram; Aram gerou Aminadab; Aminadab gerou Naasson; Naasson gerou Salmon; Salmon gerou Booz, cuja mãe era Raab. Booz gerou Obed, cuja mãe era Rute. Obed gerou Jessé. Jessé gerou o rei Davi. Davi gerou Salomão, daquela que tinha sido a mulher de Urias. Salomão gerou Roboão; Roboão gerou Abias; Abias gerou Asa; Asa gerou Josafá; Josafá gerou Jorão; Jorão Ozias gerou Jotão; Jotão gerou Acaz; Acaz gerou Ezequias; Ezequias gerou Manassés; Manassés gerou Amon; Amon gerou Josias. Josias gerou Jeconias e seus irmãos, no tempo do exílio na Babilônia. Depois do exílio da Babilônia, Jeconias gerou Salatiel; Salatiel gerou Zorobabel; Zorobabel gerou Abiud; Abiud gerou Eliaquim; Eliaquim gerou Azor; Azor gerou Sadoc; Sadoc gerou Aquim; Aquim gerou Eliud; Eliud gerou Eleazar; Eleazar gerou Matã; Matã gerou Jacó. Jacó gerou José, o esposo de Maria, da qual nasceu Jesus, que é chamado o Cristo.

A origem de Jesus Cristo foi assim: Maria, sua mãe, estava prometida em casamento a José, e, antes de viverem juntos, ela ficou grávida pela ação do Espírito Santo.

José, seu marido, era justo e, não querendo denunciá-la, resolveu abandonar Maria, em segredo. Enquanto José pensava nisso, eis que o anjo do Senhor apareceu-lhe, em sonho, e lhe disse: “José, Filho de Davi, não tenhas medo de receber Maria como tua esposa, porque ela concebeu pela ação do Espírito Santo. Ela dará à luz um filho, e tu lhe darás o nome de Jesus, pois ele vai salvar o seu povo dos seus pecados”.

Tudo isso aconteceu para se cumprir o que o Senhor havia dito pelo profeta: “Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho. Ele será chamado pelo nome de Emanuel, que significa: Deus está conosco”.

 

REFELXÃO

“O teu nascimento, ó Virgem Mãe de Deus; anunciou a alegria ao mundo inteiro”.

Hoje é o dia desta alegria. A Igreja, a 8 de Setembro, nave meses depois da solenidade da Imaculada Conceição da Mãe do Filho de Deus, celebra a recordação do seu nascimento. O dia da natividade da Mãe faz voltar os nossos corações para o Filho: “De ti nasceu o Sol da Justiça, Cristo nosso Deus: Ele levantou a maldição e trouxe a graça, venceu a morte e deu-nos a vida eterna” (Ant. do Benedictus).

Assim, pois, a grande alegria da Igreja passa do Filho para a Mãe. O dia da sua natividade e verdadeiramente um prenúncio e o inicio do mundo melhor (“origo mundi melioris”), como proclamou de modo esplêndido o Papa Paulo VI.

E por isso a liturgia de hoje confessa e anuncia que o nascimento de Maria esparge a própria luz sobre todas as Igrejas que há no orbe. (Trecho da Homilia de São João Paulo II, Santuário de Loreto, 8 de setembro de 1979)

TRANSFIGURAÇÃO DO SENHOR

transfiguration2

“O Espírito Santo apareceu na nuvem luminosa e a voz do Pai se fez ouvir: Este é o meu Filho amado, nele depositei todo o meu amor. Escutai-o.” Mt 17,5

 

ORAÇÃO DO DIA

Ó Deus, que na gloriosa transfiguração de vosso Filho confirmastes os mistérios da fé pelo testemunho de Moisés e Elias e manifestastes, de modo admirável, a nossa glória de filhos adotivos, concedei aos vossos servos e servas ouvir a voz do vosso Filho amado e compartilhar da sua herança. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. (Oração das Horas)

Leituras da liturgia eucarística: Dn 7,9-10.13-14; Sl 96; Marcos 9:2-10

 

EVANGELHO: Marcos 9:2-10

 

Jesus tomou consigo a Pedro, Tiago e João, e conduziu-os a sós a um alto monte. E transfigurou-se diante deles. Suas vestes tornaram-se resplandecentes e de uma brancura tal, que nenhum lavadeiro sobre a terra as pode fazer assim tão brancas.
Apareceram-lhes Elias e Moisés, e falavam com Jesus.
Pedro tomou a palavra: “Mestre, é bom para nós estarmos aqui; faremos três tendas: uma para ti, outra para Moisés e outra para Elias”.
Com efeito, não sabia o que falava, porque estavam sobremaneira atemorizados. Formou-se então uma nuvem que os encobriu com a sua sombra; e da nuvem veio uma voz: “Este é o meu Filho muito amado; ouvi-o”. E olhando eles logo em derredor, já não viram ninguém, senão só a Jesus com eles. Ao descerem do monte, proibiu-lhes Jesus que contassem a quem quer que fosse o que tinham visto, até que o Filho do homem houvesse ressurgido dos mortos.
E guardaram esta recomendação consigo, perguntando entre si o que significaria: “Ser ressuscitado dentre os mortos”.

 

REFLEXÃO

A TRANSFIGURAÇÃO DO SENHOR NAS PALAVRAS DE BENTO XVI 

Neste dia, “06 de agosto, a Igreja celebra a Festa da Transfiguração do Senhor. Um evento – disse Bento XVI – que nos lembra que “as alegrias semeadas por Deus na Vida não são pontos de chegada, mas luz que Ele nos dá em nossa peregrinação terrena, porque só Jesus é o critério que norteia nossa existência.” A Rádio Vaticano propõe uma reflexão sobre a Transfiguração a partir das palavras do Papa Bento XVI.

No Tabor, Pedro, Tiago e João contemplam a glória do Filho de Deus, antecipam um pedaço de paraíso. “Trata-se geralmente de breves experiências – diz o Papa – que Deus às vezes concede, especialmente em vista deduras provas”:

“A ninguém, no entanto, é permitido viver no Tabor enquanto estiver sobre esta terra. A existência humana, de fato, é um caminho de fé e, como tal, prossegue mais na sombra do que na plena luz, não sem momentos de escuridão e também de muita escuridão. Enquanto estamos aqui embaixo, nosso relacionamento com Deus vem mais da escuta que da visão, e própria contemplação se dá, por assim dizer, a olhos fechados, graças à luz interior em nós acesa pela Palavra de Deus. “(Angelus de 12 Março de 2006)

Pedro queria ficar muito tempo sobre Tabor. Mas o caminho que aponta Jesus é outro:

“Aqui é o ponto crucial: a Transfiguração é uma antecipação da ressurreição, mas esta pressupõe a morte. Jesus manifesta a sua glória aos Apóstolos, para que eles tenham a força para enfrentar o escândalo da cruz, e compreendam que é preciso passar por muitas tribulações para chegar ao reino de Deus.” (Angelus de 17 de Fevereiro de 2008)

Mas o que é a transfiguração de Jesus?

“A Transfiguração de Jesus não é uma mudança, mas a revelação de sua divindade, a certeza profunda íntima de seu ser com Deus, que se transforma em pura luz. Em sua unidade com o Pai, o próprio Jesus é Luz da Luz”. (Angelus, 20 de Março de 2011)

Do alto da nuvem brilhante, a voz do Pai convida a ouvir o Filho. Ouvi-lo para pôr em prática o que diz:

“Ouvir a Cristo, como Maria. Ouvi-lo na sua Palavra, preservada na Sagrada Escritura. Ouvi-lo nos eventos de nossas próprias vidas, tentando ler a mensagem da Providência. Ouvi-lo, finalmente, em nossos irmãos, especialmente nos pequenos e nos pobres, em que o próprio Jesus pede o nosso amor concreto. Ouvir Cristo e obedecer a sua voz: este é o caminho real, o único, que conduz à plenitude da alegria e do amor”. (Angelus, 12 de março de 2006). (ED)

Fonte: http://br.radiovaticana.va/storico/2011/08/07/a_transfigura%C3%A7%C3%A3o_do_senhor_nas_palavras_de_bento_xvi/bra-510768

por anaalmada2013 Postado em Festa

NOVENAS PARA A FESTA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS – Início: dia 30 de Maio

“Eis o Coração que tanto amou os homens, que nada poupou, até se esgotar e se consumir para lhes testemunhar seu amor”, disse o Sagrado Coração de Jesus a Santa Margarida Maria Alacoque, em junho de 1675.

I

1º Dia

Coração amável de Jesus, Coração puro e santo, todo cheio de amor. Coração repleto de todas as perfeições e virtudes. Vós sois o centro de todos os corações e mereceis o nosso amor. Destruí em nós tudo o que nos impede de ser vossos. Jesus, nós queremos amar tudo em Vós e Vós em tudo.

Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.

Sagrado Coração de Jesus, fazei que vos amemos cada vez mais.

OREMOS – Ó Deus, que no Coração de vosso Filho, ferido por nossos pecados, nos concedestes infinitos tesouros de amor, fazei que ofereçamos uma justa reparação consagrando-lhe toda a nossa vida. Por Cristo, nosso Senhor.

Amém!

 

2º Dia

Coração de Jesus, cheio de amor para com todos, por que é que nós vos correspondemos tão mal e até vos tratamos com desprezo? Temos sido ingratos e não sabemos amar-vos sobre todas as coisas. Convertei-nos e seremos convertidos.

Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.

Sagrado Coração de Jesus, fazei que vos amemos cada vez mais.

OREMOS – Ó Deus, que no Coração de vosso Filho, ferido por nossos pecados, nos concedestes infinitos tesouros de amor, fazei que ofereçamos uma justa reparação consagrando-lhe toda a nossa vida. Por Cristo, nosso Senhor.

Amém!

 

3º Dia

Coração de Jesus, desejo de ser amado, que achais vossas delícias em ser amado por nós, merecíamos, por causa de nossos pecados, viver afastados de vossa graça. Mas sempre continuais a procurar nosso amor. Fazei que muito vos amemos depois de muito vos ter ofendido.

Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.

Sagrado Coração de Jesus, fazei que vos amemos cada vez mais.

OREMOS – Ó Deus, que no Coração de vosso Filho, ferido por nossos pecados, nos concedestes infinitos tesouros de amor, fazei que ofereçamos uma justa reparação consagrando-lhe toda a nossa vida. Por Cristo, nosso Senhor.

Amém!

 

4º Dia

Coração aflito de Jesus, queremos detestar tudo o que vos desagrada. Dai-nos tanto horror ao pecado que evitemos até nas faltas mais leves, unicamente porque desgostam a Vós, que sois digno de ser amado acima de todas as coisas. Concedei-nos a graça, ó amável Salvador, de sempre nos dirigirmos a Vós dizendo: Ó meu Jesus, dai-nos o vosso amor!

Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.

Sagrado Coração de Jesus, fazei que vos amemos cada vez mais.

OREMOS – Ó Deus, que no Coração de vosso Filho, ferido por nossos pecados, nos concedestes infinitos tesouros de amor, fazei que ofereçamos uma justa reparação consagrando-lhe toda a nossa vida. Por Cristo, nosso Senhor.

Amém!

 

5º Dia

Coração misericordioso de Jesus, mesmo quando nos achávamos na desgraça, vossa bondade nos iluminou e nos ofereceu perdão. Concedei-nos a graça de chorarmos os nossos pecados e desejarmos o vosso amor. Não deixeis, amado Jesus, de ter piedade de nós. Nós pedimos a vossa misericórdia que nos comunique a graça de nunca vos sermos ingratos.

Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.

Sagrado Coração de Jesus, fazei que vos amemos cada vez mais.

OREMOS – Ó Deus, que no Coração de vosso Filho, ferido por nossos pecados, nos concedestes infinitos tesouros de amor, fazei que ofereçamos uma justa reparação consagrando-lhe toda a nossa vida. Por Cristo, nosso Senhor.

Amém!

 

6º Dia

Coração generoso de Jesus, está no vosso poder fazer nossos corações semelhantes ao vosso. Por nós mesmos nada temos e nada podemos mas vós nos destes o desejo de vos amar. Fazei, pois, ó meu Jesus, que de hoje em diante a vossa santa vontade seja a inspiração dos nossos pensamentos, desejo e ações.

Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.

Sagrado Coração de Jesus, fazei que vos amemos cada vez mais.

OREMOS – Ó Deus, que no Coração de vosso Filho, ferido por nossos pecados, nos concedestes infinitos tesouros de amor, fazei que ofereçamos uma justa reparação consagrando-lhe toda a nossa vida. Por Cristo, nosso Senhor.

Amém!

 

7º Dia

Coração eucarístico de Jesus, que vos mostrais sempre agradecidos a nós até por um copo d’água ou uma simples moeda, perdoa nossas ingratidões. Fazei que vos amemos sobre todas as coisas por toda a vida. Fazei também que reconheçamos a vossa santa vontade com o auxílio da vossa graça.

Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.

Sagrado Coração de Jesus, fazei que vos amemos cada vez mais.

OREMOS – Ó Deus, que no Coração de vosso Filho, ferido por nossos pecados, nos concedestes infinitos tesouros de amor, fazei que ofereçamos uma justa reparação consagrando-lhe toda a nossa vida. Por Cristo, nosso Senhor.

Amém!

 

8º Dia

Coração de Jesus, fonte de misericórdia e de amor, não permitais que vossos sofrimentos sejam desprezados por nós. Não nos deixeis esquecer das lágrimas e do sangue que derramastes por nós. Perdoai-nos. Fazei que mortifiquemos o que há de malicioso em nós para vivermos no vosso amor.

Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.

Sagrado Coração de Jesus, fazei que vos amemos cada vez mais.

OREMOS – Ó Deus, que no Coração de vosso Filho, ferido por nossos pecados, nos concedestes infinitos tesouros de amor, fazei que ofereçamos uma justa reparação consagrando-lhe toda a nossa vida. Por Cristo, nosso Senhor.

Amém!

 

9º Dia

Coração de Jesus, fiel para com todas as criaturas, quantas vezes, depois de termos prometido ser inteiramente vossos, nós vos negamos. Reconhecemos nossas ingratidões e queremos nos converter sinceramente. Aquecei nossos corações no fogo do mesmo amor que abrasa o vosso Coração.

Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.

Sagrado Coração de Jesus, fazei que vos amemos cada vez mais.

OREMOS – Ó Deus, que no Coração de vosso Filho, ferido por nossos pecados, nos concedestes infinitos tesouros de amor, fazei que ofereçamos uma justa reparação consagrando-lhe toda a nossa vida. Por Cristo, nosso Senhor.

Amém!

Fonte: Apostolado da Oração

 

II

Primeiro Dia

Oração Preparatória:

Oh! Coração amável de Jesus, Coração puríssimo e santíssimo, todo cheio de amor, Coração que reinam todas as perfeições e virtudes, vos mereceis o amor de todos os corações.

Destruí no meu coração todas as afeições que impedem de ser todo vosso.

Eu vos amo, oh! Meu Jesus, e não quero amar senão a vós.

Meditação:

O Coração de Jesus, templo da Santíssima Trindade.

Um só ato de adoração e de amor, ou de outra qualquer virtude, que saísse do Coração de Cristo, pela sua missão a pessoa do Verbo Divino, era para Deus infinitamente mais valioso do que os atos de todas as pessoas deste mundo, ainda as mais santas.

Nós também devemos ser templos vivos de Deus pela graça: peçamos ao Sagrado Coração que faça o nosso coração semelhante ao dele.

Recitatório:

Sagrado Coração de meu Jesus, fazei que vos ame cada vez mais.

Oração Final:

Oh! Deus, que no Coração de vosso Filho, ferido por nossos pecados, vos dignais prodigalizar-nos os infinitos tesouros do amor, nós vos rogamos que, rendendo-lhe o preito de nossa devoção e piedade, também cumpramos dignamente para com ele o dever de reparação.

Pelo mesmo Cristo Senhor nosso. Amém!

Segundo Dia

Oração Preparatória:

Oh! Coração de Jesus, Coração inflamado de amor para com os homens, por que é que eles correspondem tão mal e só com desprezo vos tratam?

E eu também fui do número desses ingratos que não vos sabem amar.

Não permitais que, para o futuro, viva ainda esquecido do vosso amor.

Meditação:

O Coração de Jesus, artífice da Eucaristia.

A Eucaristia é o maior presente do Coração de Cristo.

Fonte e coroa de toda a vida da Igreja, a Eucaristia-Sacrifício da Missa renova no altar a Obra da Redenção, a Eucaristia-Sacramento é vida, Eucaristia-presença real é o amor vivo de Cristo na nossa caminhada para o Pai.

Recitatório:

Sagrado Coração de meu Jesus, fazei que vos ame cada vez mais.

Oração Final:

Oh! Deus, que no Coração de vosso Filho, ferido por nossos pecados, vos dignais prodigalizar-nos os infinitos tesouros do amor, nós vos rogamos que, rendendo-lhe o preito de nossa devoção e piedade, também cumpramos dignamente para com ele o dever de reparação.

Pelo mesmo Cristo Senhor nosso. Amém.

Terceiro Dia

Oração Preparatória:

Oh! Coração de Jesus, desejoso de ser amado, Coração que achais vossas delícias em ser amado pelos os homens, eu merecia, pelos meus pecados, viver privado da vossa graça, mas vejo que ainda continuais a pedir-me o meu amor.

Fazei que muito vos ame um pecador que muito vos tem ofendido.

Meditação:

O Coração de Cristo, sarça de penetrantes espinhos.

Toda a vida de Cristo até a sua gloriosa Ressurreição, foi Cruz e martírio, porque desde o primeiro instante Cristo aceitou o preço da Redenção marcado pelo Pai, marcado no seu plano salvífico.

A visão dos seus sofrimentos redentores foi tão viva que, no Jardim das Oliveiras, lhe fez suar sangue.

Saibamos transformar os nossos sofrimentos em prova de amor.

Recitatório:

Sagrado Coração de meu Jesus, fazei que vos ame cada vez mais.

Oração Final:

Oh! Deus, que no Coração de vosso Filho, ferido por nossos pecados, vos dignais prodigalizar-nos os infinitos tesouros do amor, nós vos rogamos que, rendendo-lhe o preito de nossa devoção e piedade, também cumpramos dignamente para com ele o dever de reparação.

Pelo mesmo Cristo Senhor nosso. Amém.

Quarto Dia

Oração Preparatória:

Oh! Coração aflito de Jesus, detesto o que vos desagrada.

Dai-me tal horror ao pecado, que eu tenha medo até das mais leves faltas, unicamente porque desgostam a vós que sois digno de amor infinito.

Concedei-me a graça, meu amável Salvador, de sempre me dirigir a vós com esta súplica: Oh! meu Jesus, dai-me o vosso amor.

Meditação:

O Coração de Jesus, fornalha ardente de caridade.

Assim O invocamos na Ladainha do Sagrado Coração.

Só Deus pode medir o amor de Cristo para com o Pai e para com os homens.

Ele o demonstrou cumprindo fidelissimamente a vontade do Pai e entregando-se inteiramente pela Salvação dos homens.

Como procuramos nós imitar esse amor e corresponder-lhe na nossa vida diária?

Recitatório:

Sagrado Coração de meu Jesus, fazei que vos ame cada vez mais.

Oração Final:

Oh! Deus, que no Coração de vosso Filho, ferido por nossos pecados, vos dignais prodigalizar-nos os infinitos tesouros do amor, nós vos rogamos que, rendendo-lhe o preito de nossa devoção e piedade, também cumpramos dignamente para com Ele o dever de reparação.

Pelo mesmo Cristo Senhor nosso. Amém.

Quinto Dia

Oração Preparatória:

Oh! Coração Misericordioso de Jesus, quando me achava na desgraça, vossa bondade me iluminou e me ofereceu o perdão, concedei-me a graça de chorar os meus pecados e de desejar o vosso o amor.

Não deixeis, oh, meu Jesus, de ter piedade de mim.

A misericórdia que vos peço é me comuniqueis luz e força para que nunca mais vos seja ingrato.

Meditação:

O Coração de Jesus, paraíso de delícias celestes.

O Coração de Cristo é um oceano para onde fluem todos os rios da caridade do Pai, e donde saem todos os rios de graças que santificam as almas, porque nele se encerram todas as riquezas do amor divino.

Esses tesouros infinitos de amor e de vida estão sempre a nossa disposição.

Recitatório:

Sagrado Coração de meu Jesus, fazei que vos ame cada vez mais.

Oração Final:

Oh! Deus, que no Coração de vosso Filho, ferido por nossos pecados, vos dignais prodigalizar-nos os infinitos tesouros do amor, nós vos rogamos que, rendendo-lhe o preito de nossa devoção e piedade, também cumpramos dignamente para com ele o dever de reparação. Pelo mesmo Cristo Senhor nosso. Amém.

Sexto Dia

Oração Preparatória:

Oh! Coração generoso de Jesus, está no vosso poder tornar o meu coração inteiramente vosso.

De mim mesmo nada tenho e nada posso, mas vós me destes um coração que pode e deseja amar-vos.

Fazei pois, oh, meu Jesus, que de hoje em diante a vossa santa vontade seja a única orientação de todos os meus pensamentos, desejos e ações.

Meditação:

O Coração de Jesus, riquíssimo de virtudes.

O Coração de Cristo é um coração adornado de todas as virtudes, inocência, humildade, fortaleza, mansidão, sabedoria…

Basta ler o Evangelho para descobrir as virtudes e as graças do seu Coração divino.

Procuremos ter na nossa vida, todos os dias os mesmos sentimentos que animam e que enriquecem esse Coração divino.

Recitatório:

Sagrado Coração de meu Jesus, fazei que vos ame cada vez mais.

Oração Final:

Oh! Deus, que no Coração de vosso Filho, ferido por nossos pecados, vos dignais prodigalizar-nos os infinitos tesouros do amor, nós vos rogamos que, rendendo-lhe o preito de nossa devoção e piedade, também cumpramos dignamente para com ele o dever de reparação.

Pelo mesmo Cristo Senhor nosso. Amém.

Sétimo Dia

Oração Preparatória:

Oh! Coração reconhecido de Jesus, tenho-me mostrado sempre reconhecido as criaturas, ao passo que só convosco tenho sido um ingrato.

Amável Jesus, quero agora amar-vos sobre todas as coisas e mais que a mim mesmo, o resto da minha vida, quero empregá-lo unicamente em vos amar, oh, bem supremo da minha alma.

Fazei que conheça a vossa santa vontade e pronto estou para tudo, com o socorro de vossa graça.

Meditação:

O Coração de Jesus, abismo de misericórdia.

Basta lembrar como Cristo acolhia e tratava os pecadores: os publicanos, o paralítico, a Madalena, a adúltera, o bom ladrão e tantos outros.

Ele mesmo afirmou: “Eu vim a este mundo para salvar os pecadores”.

Essa atitude de Cristo nos inspira confiança e nos ensina de maneira devemos tratar os pecadores.

Recitatório:

Sagrado Coração de meu Jesus, fazei que vos ame cada vez mais.

Oração Final:

Oh! Deus, que no Coração de vosso Filho, ferido por nossos pecados, vos dignais prodigalizar-nos os infinitos tesouros do amor, nós vos rogamos que, rendendo-lhe o preito de nossa devoção e piedade, também cumpramos dignamente para com ele o dever de reparação.

Pelo mesmo Cristo Senhor nosso. Amém.

Oitavo Dia

Oração Preparatória:

Oh! Coração Desprezado de Jesus, abismo de misericórdia e de amor, não permitais que para mim as dores sejam como que perdidas.

Lembrai-vos, oh, meu Jesus, das lágrimas e do sangue que derramaste por meu amor e perdoai-me.

Fazei que eu morra para mim mesmo, a fim de viver unicamente para vós uma vida fervorosa no vosso santo Amor.

Meditação:

O Coração de Jesus, atrativo dos nossos corações.

Do lado aberto de Cristo, no Calvário, jorraram sangue e água. Sangue e água que simbolizam a Igreja e os Sacramentos.

A Igreja é o caminho normal pra Cristo, os sacramentos são canais que nos comunicam as graças da Redenção.

Cristo nos atrai continuamente a si pela Igreja e pelos Sacramentos.

Apreciamos suficiente o tesouro espiritual que temos na Igreja e nos Sacramentos?

Recitatório:

Sagrado Coração de meu Jesus, fazei que vos ame cada vez mais.

Oração Final:

Oh! Deus, que no Coração de vosso Filho, ferido por nossos pecados, vos dignais prodigalizar-nos os infinitos tesouros do amor, nós vos rogamos que, rendendo-lhe o preito de nossa devoção e piedade, também cumpramos dignamente para com ele o dever de reparação.

Pelo mesmo Cristo Senhor nosso. Amém.

Nono Dia

Oração Preparatória:

Oh! Coração de Jesus, fiel para com aqueles que chamais ao vosso amor, quantas vezes, depois de ter prometido ser todo vosso, vos neguei o meu amor.

Reconheço a minha ingratidão e penitencio-me sinceramente.

Inflamai meu pobre coração no fogo daquele amor em que o vosso está abrasado por mim. Oh! Maria, mãe do belo amor, ajudai-me a amar vosso Filho Jesus.

Meditação:

O Coração de Jesus, penhor da vida eterna.

Assim como o coração humano é o motor da nossa vida física, assim também a caridade é motor da nossa vida sobrenatural e eterna.

Quem vive no Amor não pode condenar-se, porque o Amor é a vida de todos os que são realmente filhos de Deus, em Cristo e no Espírito Santo.

Somos herdeiros de Deus e coerdeiros de Cristo. Amém. Aleluia.

Recitatório:

Sagrado Coração de meu Jesus, fazei que vos ame cada vez mais.

Oração Final:

Oh! Deus, que no Coração de vosso Filho, ferido por nossos pecados, vos dignais prodigalizar-nos os infinitos tesouros do amor, nós vos rogamos que, rendendo-lhe o preito de nossa devoção e piedade, também cumpramos dignamente para com ele o dever de reparação. Pelo mesmo Cristo Senhor nosso. Amém.

Fonte: www.acidigital.com

III

Oração inicial para todos os dias:

Ó Coração sacratíssimo de Jesus, fonte viva e vivificante de vida eterna, tesouro infinito da Divindade, fornalha ardente do amor divino, vós sois o lugar  do meu descanso, o refúgio de minha segurança.

Ó meu amável Salvador, inflamai o meu coração daquele amor ardentíssimo do qual arde o vosso; derramai nele as inumeráveis graças de que o vosso Coração é a fonte.

Fazei que a vossa vontade seja a minha e que a minha vontade seja eternamente conforme a vossa. Amém.

1º Dia:  “Eu lhes darei as graças necessárias para cumprirem os deveres de seu estado”.

              “Sem mim, disse Jesus, nada podeis fazer”. (João 15, 5)

Oração inicial para todos os dias

Dir.: A promessa é para todos. Em cada estado de vida, em cada vocação assumida, a pessoa devota ao Coração de Jesus recebe d’Ele as graças para cumprir os deveres de seu estado; saber discernir o que é bom; obter as luzes para o entendimento e a força para que a vontade realize o que é certo.

TODOS: As palavras de Jesus: “Eu lhes darei”, são claras e significam que esta promessa é para todos os estados de vida, na missão que cada pessoa desempenha, na profissão que exerce. Cumprir os deveres de estado exige esforço, amor, doação, fé, generosidade, perseverança, sacrifício e força de vontade. É necessário agir retamente, de acordo com o plano de Deus, com intensa caridade. (João 14, 23)

 

 2º Dia: “Eu darei paz às suas almas”.

            “Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz.” (Jo 14, 27)

Oração inicial para todos os dias

Dir.: Sem a Paz é impossível viver. Somos impelidos a rezar pela paz, a trabalhar pela conquista da justiça, cujo fruto é a paz.  Paz no mundo, na sociedade e nas famílias. Lembramos a Palavra de Jesus: “Eu vos dou a minha paz! Eu darei paz às almas”.

TODOS: Precisamos de paz para viver. Temos de buscá-la e promovê-la. A promessa de Jesus é infalível. Ele diz: “Eu darei paz às famílias que Me acolherem, me invocarem, confiarem em Mim e me consagrarem o lar.” Jesus é o Príncipe da PAZ. Com Ele aprenderemos a prática do verdadeiro Amor da mansidão, da humildade; do perdão e da partilha; o serviço alegre e desinteressado; a doação e generosidade, que gera a paz.

 

3º Dia:  “Eu os consolarei em todas as suas aflições”. 

             “Vinde a Mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e aliviar-vos-ei”. (Mt 11, 28)

Oração inicial para todos os dias

Dir.: Todos passamos por tempo de provações, dificuldades, dores e preocupações. Só pela fé compreendemos o sentido da dor. A cruz encerra um profundo significado quando nos reportamos à Cruz Redentora  do Salvador Jesus Cristo. Nossa cruz deve ter também o mesmo sentido e valor de redenção, de salvação, de reparação.          

TODOS: Admiramos o heroísmo dos mártires, a coragem dos Profetas, dos Apóstolos, dos Santos, todos com um amor incondicional a Deus e ao próximo. Nossa Senhora teve o privilégio de ser Mãe do Filho de Deus, porém, bebeu o fel amargo da dor e é chamada a Mãe das Dores. Os verdadeiros devotos do Coração de Jesus acolhem a dor com fé, paciência, humildade e esperança. Compreende-se melhor o sofrimento do outro, quando já se fez a experiência da dor.

 

4º Dia:  “Serei refúgio seguro durante a vida e sobretudo na hora da morte.”

             “Levar-vos-ei comigo, para que, onde eu estiver, estejais vós também.” (Jo 14,3)

Oração inicial para todos os dias

Dir.:  O Coração de Jesus é o REFÚGIO seguro para os seus devotos; um Refúgio durante a vida, e especial-mente na hora da morte. Ele abriga-nos contra os ataques de inúmeros inimigos de dentro e fora de nós.

TODOS: É preciso REFUGIAR-SE no Coração de Cristo, entrar neste Coração. Olhando a cruz, vemos uma porta aberta; É o Coração de Jesus Cristo trespassado, Ressuscitado e Glorioso. Que alegria e que consolo saber que o Coração de Jesus é um Refúgio Seguro, a Porta aberta, a entrada certa para a nossa salvação. Confiemos!

 

5º Dia:  “Derramarei abundantes bênçãos sobre seus empreendimentos”.

Mestre, trabalhamos a noite inteira e nada apanhamos; mas por causa da tua palavra lançarei a rede”. (Lucas 5, 10-7).

Oração inicial para todos os dias

Dir.:  Jesus pede-nos para depositarmos nele plena confiança. Ele está constantemente a derramar bênçãos sobre seus devotos, ajudando-os em todos os seus empreendimentos, abençoando todas as suas tarefas.

TODOS:  Bênçãos são tudo o que nos incentiva ao bem, a melhorar o mundo, a cumprir com amor as tarefas do dia a dia. O Sagrado Coração de Jesus pode e quer abençoar as pessoas que recorrem a Ele e nele confiam. Jesus nos promete bênçãos abundantes para conseguirmos os bens que desejamos. Jesus não nos promete êxitos nos empreendimentos, mas a sua bênção. O Sagrado Coração de Jesus não falha.


6º Dia: “Os pecadores encontrarão no meu coração a Fonte e o Oceano infinito de misericórdia”.
Quero misericórdia e não sacrifícios; porque eu não vim chamar os justos, mas os pecadores”. (Mt. 9, 13)

Oração inicial para todos os dias

Dir.: Somos pecadores e precisamos da misericórdia e do perdão de Deus, nosso Pai. A alegria do perdão é grande, experimentamos na alma o abraço misericordioso do Pai, através do Sacerdote, homem revestido do Poder de Cristo, para nos perdoar em seu nome. O Evangelho mostra-nos a compaixão do Coração de Cristo no seu encontro com a Samaritana, com Maria Madalena, com o paralítico e tantos outros.

TODOS: O Pai enviou-nos o seu Filho que tanto nos amou ao ponto de seu Coração ser trespassado por uma lança. Neste ato de entrega, Jesus deixou-nos a Igreja e os Sacramentos, Sinais de Salvação, simbolizados no seu lado aberto, no sangue e na água jorrados desta fonte de misericórdia. Somos filhos da misericórdia. Temos um Pai que nos acolhe no Coração de seu Filho e, neste Coração, temos a Fonte da Vida que jorra para a feliz Eternidade.


7º Dia:  “As almas tíbias tornar-se-ão fervorosas”.

             “Eu vim para que todos tenham vida, e a tenham em abundância” (João 10,10)

Oração inicial para todos os dias

Dir.: A pessoa tíbia é mais ou menos piedosa, faz pouco esforço para dominar as paixões, evitar os pecados veniais, corrigir os maus hábitos e não se esforça para progredir na virtude. A pessoa tíbia não é assídua na prática da caridade e no trabalho de conversão pessoal; não batalha pelo Evangelho e transformação do mundo. É mais ou menos cristã, sem muita convicção, nem caridade a toda prova.

TODOS – Esta promessa do Coração de Jesus prova que uma pessoa tíbia poderá vir a ser fervorosa se tiver devoção ao seu Sagrado Coração. É uma devoção que garante a graça do fervor espiritual e intensifica o desejo à santidade e a prática das virtudes.


Dir.: “As almas fervorosas elevar-se-ão a uma grande perfeição.
“Sede perfeitos como é perfeito vosso Pai do céu” (Mateus 5, 48).

TODOS:
Elevar-se à grande perfeição é ter os mesmos sentimentos e atitudes de Cristo. Amar como Jesus amou; Viver como Jesus viveu… Sentir o que Jesus sentia… Isto implica a perfeição da mente, perfeição da vontade, perfeição do amor.

 

8º Dia:  “Abençoarei a casa em que a Imagem do meu Coração for exposta e honrada”.

Vinde a mim vós que estais cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei”(Mateus 11, 28).

Oração inicial para todos os dias

Dir.: Onde é entronizado o Coração de Jesus, experimenta-se a paz. Jesus cumpre suas promessas, concedendo bênçãos e graças. A Imagem do Coração de Jesus é um  sinal religioso visível e sensível de nossa fé, que acolhe o Coração de Cristo trespassado de amor por nós; do Cristo vivo e glorificado, vencedor do pecado e da morte. A Imagem do Coração de Cristo é um sinal de sua presença e uma demonstração de nossa adesão a Ele.

TODOS: Entronizar o Coração de Jesus no lar supõe ter a sua imagem ou quadro em lugar de honra. Ao contemplarmos a imagem, veneramos não a imagem em si, mas o Amor infinito que ela nos representa e recorda.

 

9º Dia:  “Darei aos sacerdotes a graça de converterem os corações mais endurecidos.”

             “Muito lhe foi perdoado porque muito amou” (Lc. 7, 47)

Oração inicial para todos os dias

Dir.: Esta promessa do Coração de Jesus não é exclusiva aos sacerdotes mas a todos aqueles que trabalham pela salvação das almas.
TODOS: Santa Margarida assim se expressa: “Meu divino Mestre deu-me a conhecer que os que trabalham pela salvação das almas conseguirão êxito neste apostolado e conhecerão a Arte de tocar os corações mais endurecidos, se estiverem possuídos de grande devoção ao seu Coração e trabalharem por difundi-la por toda a parte”.

Dir.: Todo cristão participa da Missão Salvadora de Cristo. Pessoas que trabalham pela salvação e conversão do próximo devem ser devotas do Sagrado Coração de Jesus; Viver voltadas para Ele que é Modelo de Amor, perdão, bondade, compaixão e misericórdia.
TODOS: Jesus promete êxito na vida de apostolado em especial a conversão dos pecadores.Tocar, converter os corações mais endurecidos é a vitória mais esplêndida com que se pode sonhar. Contudo, num instante, a Graça de Deus o consegue por meio de pessoas de grande devoção ao Coração de Jesus.

Dir.: “As pessoas que propagarem esta devoção terão seu nome escrito para sempre no meu Coração, e dele jamais será apagado.” “Eu não apagarei o seu nome do livro da vida, e o confessarei diante de meu Pai e dos seus Anjos”. (Ap. 3,5).

TODOS: É uma grande honra ter o nome gravado no Coração de Cristo, nosso Deus Salvador.  Há muitas pessoas que são luzes em seus lares: falam do Coração de Jesus com alegria, convictas de que esse Coração é o Centro do Amor Trinitário, onde o Pai, o Filho e o Espírito Santo se revelam como Fonte da Vida.

 Dir.: Propaguemos o amor ao Coração de Jesus através da nossa oração, da palavra escrita ou falada, da contribuição destinada a essa propagação, do sofrimento acolhido com fé, do bom exemplo, da caridade ao próximo, da imitação das virtudes do Coração de Jesus!

TODOS: Sejamos também nós, propagadores da devoção ao Sagrado Coração de Jesus. Teremos nosso nome para sempre gravado no Coração de Nosso Rei e Senhor, Jesus Cristo.