TERÇOS AO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

 

I

No início: 

Creio, 1 Pai-Nosso, 3 Ave-Marias

No lugar do Pai-Nosso:

Lembrai-Vos, ó Misericordiosíssimo Jesus, que sois Pai bondosíssimo e cheio de ternura para com os vossos filhos. Certo de vosso infinito amor, eu me entrego ao Vosso Coração, onde encontro a força, a perseverança, a paz, a alegria e a doce confiança em minhas súplicas, seguindo vossas palavras:

“Pedi e receberei, buscai e alcançareis, batei e abrir-vos-á.”

Eu bato, procuro e peço esta grande graça que me é tão necessária (fazer o pedido). Tudo para maior glória de Deus e bem de vossos filhos. Amém.

No lugar das Ave-Marias:

Sagrado Coração de Jesus, eu confio em Vós.

No final:

Jesus manso e humilde de coração, fazei o nosso coração semelhante ao Vosso! (três vezes)

II

Terço do Coração Divino de Jesus, Providenciai… 

Nas três primeiras contas: ”Coração Divino de Jesus, providenciai que eu adore a Santíssima Trindade acima de todas as coisas de coração puro, e ame a meu próximo como a mim mesmo.”

Nas contas grandes: “Pai Nosso”

1° Mistério: Nas contas pequenas: ”Coração Divino de Jesus Providenciai … alívio para as almas do purgatório.”

2° Mistério: Nas contas pequenas: “Coração Divino de Jesus Providenciai … conversão para os pecadores.”

3° Mistério: Nas contas pequenas: “Coração Divino de Jesus Providenciai … santas vocações Sacerdotais e Religiosas.”

4° Mistério: Nas contas pequenas: “Coração Divino de Jesus Providenciai … a santificação do Clero.”

5° Mistério: Nas contas pequenas: ”Coração Divino de Jesus Providenciai … a salvação e santificação de toda a minha família.”

No fim de cada mistério:  ”Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, assim como era no princípio agora e sempre. Amém.”

III

(Coroa ao Sagrado Coração)

Descrição do terço:
Trinta e três contas cor de vinho – referentes aos trinta e três anos de Jesus – tendo no início a cruz e três contas juntas.

Na cruz:
Coração de Jesus, eu confio em Vós.
Por isso deposito em Vosso Coração meus sofrimentos e minhas esperanças.
Sagrado Coração de Jesus, eu confio em Vós!

Nas trinta e três contas:
Sagrado Coração de Jesus, protegei nosso lar, nossa família e nossa pátria de todo o mal e de todo o pecado.
Tende piedade de nós, das almas e dos pecadores do mundo.

No final:
Três Glórias.

IV

No início:

Doce coração Jesus que tanto nos amai, fazei que eu vos ame cada vez mais!

Repetir 33 vezes:

Sagrado Coração de Jesus, eu confio em vós, confio no vosso amor, confio na vossa misericórdia!

No final:

Pai eterno, com confiança nós vos oferecemos os corações unidos de Jesus e de Maria, as chagas sangrentas e vitoriosas de Nosso Senhor Jesus Cristo e as lágrimas de sangue da nossa querida Mãe do Céu. Senhor, seja feita a vossa vontade!

por Raios Luminosos Postado em Terços

O TERÇO DAS SETE DORES DA VIRGEM MARIA

20100905-lavirgendolorosa

Início:

Nós vos louvamos, Senhor, e vos bendizemos! Porque associastes a Virgem Maria à obra da salvação. Nós contemplamos vossas Dores, ó mãe de Deus! E vos seguimos no caminho da fé!

 

Oração Inicial:

Virgem Dolorosíssima, seríamos ingratos se não nos esforçássemos em promover a memória e o culto de vossas Dores particulares graças para uma sincera penitência, oportunos auxílios e socorros em todas as necessidades e perigos. Alcançai-nos Senhora, de Vosso Divino Filho, pelos mérito de Vossas Dores e lágrimas, a graça…  (pedir a graça)

 

1ª Dor – Profecia de Simeão

Simeão os abençoou e disse a Maria, sua mãe: Eis que este menino está destinado a ser ocasião de queda e elevação de muitos em Israel e sinal de contradição. Quanto a ti, uma espada te transpassará a alma (Lc 2,34-35).

1 Pai Nosso; 7 Ave Marias

 

2ª Dor – Fuga para o Egito

O anjo do Senhor apareceu em sonho a José e disse: Levanta, toma o menino e a mãe, foge para o Egito e fica lá até que te avise. Pois Herodes vai procurar o menino para matá-lo. Levantando-se, José tomou o menino e a mãe, e partiu para o Egito (Mt 2,13-14).

1 Pai Nosso; 7 Ave Marias

 

3ª Dor – Maria procura Jesus em Jerusalém

Acabados os dias da festa da Páscoa, quando voltaram, o menino Jesus ficou em Jerusalém, sem que os pais o percebessem. Pensando que estivesse na caravana, andaram o caminho de um dia e o procuraram entre parentes e conhecidos. E, não o achando, voltaram a Jerusalém à procura dele (Lc 2,43b-45).

1 Pai Nosso; 7 Ave Marias

 

4ª Dor – Jesus encontra a Sua Mãe no caminho do Calvário

Ao conduzir Jesus, lançaram mão de um certo Simão de Cirene, que vinha do campo, e o encarregaram de levar a cruz atrás de Jesus. Seguia-o grande multidão de povo e de mulheres que batiam no peito e o lamentavam (Lc 23,26-27).

1 Pai Nosso; 7 Ave Marias

 

5ª Dor – Maria ao pé da Cruz de Jesus

Junto à cruz de Jesus estavam de pé sua Mãe, a irmã de sua Mãe, Maria de Cléofas, e Maria Madalena. Vendo a Mãe e, perto dela, o discípulo a quem amava, disse Jesus para a mãe: Mulher, eis aí o teu filho! Depois disse para o discípulo: Eis aí a tua Mãe! (Jo 19,15-27a).

1 Pai Nosso; 7 Ave Marias

 

6ª Dor – Maria recebe Jesus descido da Cruz

Chegada a tarde, porque era o dia da Preparação, isto é, a véspera de sábado, veio José de Arimateia, entrou decidido na casa de Pilatos e pediu o corpo de Jesus. Pilatos, então, deu o cadáver a José, que retirou o corpo da cruz (Mc 15,42).

1 Pai Nosso; 7 Ave Marias

 

7ª Dor – Maria deposita Jesus no Sepulcro

Os discípulos tiraram o corpo de Jesus e envolveram em faixas de linho com aromas, conforme é o costume de sepultar dos judeus. Havia perto do local, onde fora crucificado, um jardim, e no jardim um sepulcro novo onde ninguém ainda fora depositado. Foi ali que puseram Jesus (Jo 19,40-42a).

1 Pai Nosso; 7 Ave Marias

TERÇO DA DIVINA MISERICÓRDIA

Palavras de Jesus à Irmã Faustina:

“As almas que rezarem este terço serão envolvidas pela minha misericórdia em sua vida e especialmente na hora da morte” (Diário nº 754).

“Quando recitam este terço junto a um agonizante, aplaca-se a ira divina, inconcebível misericórdia envolve a alma…” (Diário nº 811)

“Recita, sem cessar, este Terço que te ensinei. Todo aquele que o recitar alcançará grande misericórdia na hora da sua morte. Os sacerdotes o recomendarão aos pecadores como a última tábua de salvação. Ainda que o pecador seja o mais endurecido, se recitar este Terço uma só vez, alcançará a graça da Minha Infinita Misericórdia” (Diário, 687).

 

Como rezar o terço:

terc3a7odamisericordia1

No início:

Pai-Nosso… Ave-Maria… Creio…

 

Nas contas grandes:

Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e o Sangue, a Alma e a Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e do mundo inteiro.

 

Nas contas pequenas:

Pela Sua dolorosa paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro.

 

No fim do terço (repetir três vezes):

Deus santo, Deus forte, Deus imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro.

 

Repita 3 vezes:

Ó Sangue e Água que jorrastes do Coração de Jesus, como fonte de misericórdia para nós, eu confio em Vós!

por Raios Luminosos Postado em Terços