ORAÇÕES À EXALTAÇÃO DA SANTA CRUZ

julio_28A

I

“Salve, ó cruz bendita, sinal do amor maior. Foste e és para muitos motivo de escândalo. Para nós és memória da nossa redenção. Em ti fomos redimidos de todos os pecados, de todas as escravidões. Contemplando-te, assumimos a missão de também entregar a vida, como fez Jesus, para que todos tenham vida. Contemplando-te, assumimos o compromisso de solidariedade com todos os crucificados pelo abandono. Chegaste a este solo, Terra de Santa Cruz, trazendo amor e esperança. Cruzaste quinhentos anos de história em ombros negros e indígenas, de crianças e de jovens, de homens e de mulheres. Hoje és, para nós, memória e compromisso. Em ti vemos o sofrimento de Cristo e de todos os pobres” (CNBB).

 

II

“Do Rei avança o estandarte, fulge o mistério da Cruz, onde por nós foi suspenso o Autor da vida, Jesus.

Do lado morto de Cristo, ao golpe que lhe vibraram, para lavar meu pecado o sangue e a água jorraram.

Árvores esplêndida e bela de rubra púrpura ornada, de os santos membros tocar digna só tu foste achada.

Ó Cruz feliz, dos teus braços do mundo o preço pendeu; balança foste do corpo que ao duro inferno venceu.

Salve, ó altar, salve vítima, eis que a vitória reluz; a vida em ti, fere a morte, morte que à vida conduz.

Salve, ó Cruz, doce esperança, concede aos réus remissão; dá-nos o fruto da graça, que floresceu na Paixão.

Louvor a vós, ó Trindade, fonte de todo o perdão, aos que na Cruz foram salvos, dai a celeste mansão.” (Oração das Horas – l Hino, II Vésperas. Ed. Vozes, Paulinas, Paulus, Ave Maria, 1996, p. 1364)

 

III

Ó Deus, Pai de bondade, vós enviastes vosso Filho para libertar o mundo da escravidão do pecado; lutar pela verdade, amor, justiça e paz, até a morte na cruz. É uma prova de amor para a humanidade.

Por isso, de coração contrito e humilde, nós devemos gloriar-nos na Cruz de Nosso Senhor Jesus Cristo, onde está a nossa salvação, nossa vida e nossa ressurreição, e pela qual fomos salvos e libertos.

Que Deus tenha misericórdia de nós e nos abençoe: que sua face brilhe sobre nós e, iluminados pelo exemplo de Maria Santíssima, possamos seguir o caminho de Jesus, vosso Filho, que vive e reina pelos séculos dos séculos. Amém. (Pe. Raphael Prejol Handyanto – OSC).

 

IV

Salva, Senhor, teu povo e abençoa a tua herança; concede à Tua Igreja vitória sobre os inimigos e protege, pela tua Cruz, este povo que é teu. Cristo Deus, que voluntariamente foste levantado na Cruz, tem compaixão do teu povo que traz o teu nome.  Alegra, pelo teu poder, os nossos fiéis governantes, dando-lhes a vitória sobre os inimigos:  encontrem na tua aliança uma arma de paz, um troféu invencível.” A Cruz exaltada convida toda a criação a cantar hinos à paixão imaculada daquele que sobre ela foi erguido:  sobre a Cruz ele levou à morte  quem nos tinha dado a morte,  ressuscitou os mortos  e, tendo-os purificado,  em sua compaixão e infinita bondade  os fez dignos de viver nos céus;  alegremo-nos, pois, exaltemos seu nome  e magnifiquemos a sua extrema condescendência. Erguendo os braços para o alto e pondo em fuga o tirano Amalek,  Moisés te prefigurou, ó Cruz veneranda,  glória dos fiéis, sustentáculo dos mártires,  ornamento dos apóstolos, defesa dos justos,  salvação de todos os santos.  Por isso à vista da tua exaltação, a criação se alegra e exulta glorificando a Cristo, cuja extrema bondade reuniu, por teu meio,  o que estava disperso. Amém!

 

V

Deus Todo Poderoso que sofreste a morte sobre a madeira sagrada, por todos os nossos pecados, sede comigo.  Santa Cruz de Jesus Cristo, compadecei-vos de nós. Santa Cruz de Jesus Cristo, compadecei-vos de mim. Santa Cruz de Cristo, sede a minha esperança. Santa Cruz de Jesus Cristo, afastai de mim toda arma cortante. Santa Cruz de Jesus Cristo, derramai em mim todo bem. Santa Cruz de Jesus Cristo, desviai de mim todo mal. Santa Cruz de Jesus Cristo, fazei que eu siga o Caminho da Salvação. Santa Cruz de Jesus Cristo, livrai-me dos acidentes corporais. Santa Cruz de Jesus Cristo, adoro-Vos para sempre.  Santa Cruz de Jesus Cristo, fazei com que o espírito maligno se afaste de mim. Conduzi-me, Jesus, à Vida Eterna por todos e em todos os Séculos, Amém!

 

VI

Exaltai ao Senhor, nosso Deus, e prostrai-vos ante o escabelo de seus pés porque Ele é Santo. Salva-nos, ó Filho de Deus, Tu que foste crucificado na carne, a nós, que a Ti cantamos: aleluia!

Salva, Senhor, o teu povo e abençoa a tua herança.  Concede à tua Igreja a vitória sobre o mal e guarda o teu rebanho pela tua Cruz.

Tu, ó Cristo Deus, que, voluntariamente, foste erguido na Cruz, tem compaixão do povo que traz o teu Nome.  Alegra, pelo teu poder, a tua santa Igreja e concede-lhe a vitória sobre o mal.  Que tua aliança seja para nós uma arma de paz e um troféu de vitória!

Diante da tua Cruz † (sinal da cruz), ó Mestre, nos prostramos e glorificamos a tua santa Ressurreição. (3 vezes)

Glória ao Pai † …

Exaltai ao Senhor, nosso Deus e prostrai-vos ante o escabelo de seus pés porque Ele é Santo. O Senhor reina, alegrem-se os povos; seu trono está sobre os Querubins, vacila a terra. Aleluia, aleluia, aleluia!

Lembra-te do teu povo que elegeste há tanto tempo; recuperaste o cetro de tua herança.  Aleluia, aleluia, aleluia!

Deus, que é nosso Rei antes dos séculos, operou a salvação no meio da terra.  Aleluia, aleluia, aleluia!

Ó Mãe de Deus, tu és o paraíso místico, pois sem ser cultivada, produziste Cristo, que plantou a árvore da Cruz.  Por isso, agora O adoramos crucificado e a ti exaltamos.

Gravada está sobre nós, Senhor, a luz da tua face.  Aleluia, aleluia, aleluia!

Ó Cristo Deus, que voluntariamente foste suspenso à Cruz, tem compaixão do povo que traz o teu nome.  Alegra, pelo teu poder, a tua santa Igreja dando-lhe a vitória sobre o mal.  Que tua aliança seja para nós uma arma de paz e um troféu de vitória.

Cumprida, Senhor foi a palavra de teu profeta Moisés:  «Vereis vossa Vida suspensa a vossos olhos».  Hoje, a Cruz é exaltada e o mundo se liberta do erro.  Hoje, renova-se a ressurreição de Cristo;  regozijam-se os confins da terra,  e, com hinos e salmos, como outrora Davi, exclamam:  «Realizaste hoje, a salvação do mundo,  passando pela Cruz e a Ressurreição,  pelas quais nos libertaste, Senhor Nosso Deus!»  Ó Tu, que amas a humanidade, Senhor, glória a Ti! (de uma antiga tradição litúrgica oriental católica).

 

VII

Mil vezes o nome de Jesus: Oração para ser rezada no dia da exaltação da Santa Cruz

Serão rezados 20 terços, assim:

– Início: Creio, 1 Pai-Nosso e 3 Ave-Marias

– No lugar do Pai-Nosso: Se na hora da minha morte, o demônio me tentar, de nada vai adiantar, pois no dia da exaltação da Santa Cruz, mil vezes eu clamei o Nome de Jesus!

– Nas lugar das Ave-Marias (dezena): Jesus!

Observação: Esta oração poderá ser rezada para outra pessoa que precisa de conversão, dizendo: Se na hora da morte de (dizer o nome), o demônio o tentar…

ORAÇÕES À NATIVIDADE DE NOSSA SENHORA

blogger-image-519314952

I

Abri, ó Deus, para os vossos servos e servas os tesouros da vossa graça; e assim como a maternidade de Maria foi a aurora da salvação, a festa de seu nascimento aumente em nós a vossa paz. Por nosso Senhor Jesus Cristo, na unidade do Espírito Santo.

II

Oh! Maria santíssima! Eleita e destinada ao eterno pela augustíssima Trindade para Mãe do unigênito Filho do Pai, anunciada pelos profetas, esperada dos Patriarcas, e desejada de todas as gentes; Sacrário e templo vivo do Espírito Santo, sol sem mancha, porque fostes concebida sem pecado original, Senhora do céu e da terra, Rainha dos anjos; nós humildemente prostrados vos veneramos e nos alegramos da solene comemoração anual de vosso felicíssimo nascimento; e, do mais íntimo de nosso Coração, vos suplicamos que vos digneis benigna vir a nascer espiritualmente em nossas almas, para que, cativadas estas por vossa amabilidade e doçura, vivam sempre unidas a vosso dulcíssimo e amabilíssimo coração. Amém

III

Oh! Graciosíssima menina! que com vosso feliz Nascimento haveis consolado ao mundo, alegrado ao céu e aterrado ao inferno; Haveis dado ajuda aos caídos, esperança aos tristes, saúde aos enfermos e alegria a todos; suplicamos-vos com os mais fervorosos afetos que renasceis espiritualmente com vosso Santo amor em nossas almas; renovai nosso espírito para que vos sirvamos, acendei de novo nosso coração para que vos amemos; e fazei florescer em nós aquelas virtudes com as quais possamos fazer-nos sempre mais agradáveis a vossos benigníssimos olhos. Oh! Maria! Fazei-nos experimentar os saudáveis efeitos de vosso suavíssimo nome; sirva-nos a invocação deste nome de alívio nos trabalhos, de esperança nos perigos, de escudo nas tentações, de alimento na morte. Seja o nome de Maria como mel na boca, a melodia no ouvido, e o júbilo no coração. Assim seja!

IV

Oração à Nossa Senhora Menina:

Flor de Primavera, Lírio de Pureza, doce Ventre de Ana que guardou o Coração da Mãe de Deus. Maria, beleza infantil, coração de criança, alma delicada que todos os anjos veneram, sede a minha inspiração, Menina Pura de Deus, sede a minha força. Encanto do Espírito Santo, sede para mim a Luz que me leva ao céu. Maria, menina, ensina-me a amar a Deus como tu o amastes desde a mais tenra idade. Orgulho do Filho de Deus, rogai por mim e obtenha de Deus a pureza de criança para a minha alma. Amém.

(Extraído de informações fornecidas pelas Irmãs. Imprimatur: Na Curia Arch Mediolani morrer 14-1-196; Theresius Ferraroni)

OUTROS:

SERMÃO

“Quereis saber quão feliz, quão alto é e quão digno de ser festejado o Nascimento de Maria? Vede o para que nasceu. Nasceu para que dEla nascesse Deus. (…) Perguntai aos enfermos para que nasce esta celestial Menina, dir-vos-ão que nasce para Senhora da Saúde; perguntai aos pobres, dirão que nasce para Senhora dos Remédios; perguntai aos desamparados, dirão que nasce para Senhora do Amparo; perguntai aos desconsolados, dirão que nasce para Senhora da Consolação; perguntai aos tristes, dirão que nasce para Senhora dos Prazeres; perguntai aos desesperados, dirão que nasce para Senhora da Esperança. Os cegos dirão que nasce para Senhora da Luz; os discordes, para Senhora da Paz; os desencaminhados, para Senhora da Guia; os cativos, para Senhora do Livramento; os cercados, para Senhora da Vitória. Dirão os pleiteantes que nasce para Senhora do Bom Despacho; os navegantes, para Senhora da Boa Viagem; os temerosos da sua fortuna, para Senhora do Bom Sucesso; os desconfiados da vida, para Senhora da Boa Morte; os pecadores todos, para Senhora da Graça; e todos os seus devotos, para Senhora da Glória. E se todas estas vozes se unirem em uma só voz, dirão que nasce para ser Maria e Mãe de Jesus” (Pe. Antônio Vieira, Sermão do Nascimento da Mãe de Deus).”

EXALTAÇÕES

I

Quão nobre, excelso, glorioso foi o vosso nascimento, ó bem-aventurada Maria!… Que cúmulo de graças derrama sobre vós, neste dia, Deus Pai!. Vejo o Verbo Eterno acorrer, ele próprio, para consagra seu tabernáculo e enriquecê-lo de tesouros celestes com generosidade ilimitada, porque ele quer, ó bem-aventurada menina, aurora de nossa redenção, quer que desde o vosso nascimento sejais digna dele e sintais o imenso dom de terdes um Filho que é, ao mesmo tempo, o autor de vosso nascimento. Quem não se sente perturbado ante a visão de semelhantes prodígios? Não digo que palavras, mas até que pensamentos poderiam elevar-se tão alto que conseguissem exprimir perfeitamente a honra, a majestade da Mãe de Deus?

Passou, portanto, a noite, aproxima-se o dia… este bem-aventurado e glorioso dia há tantos séculos prometido à pobre natureza humana!… Já começa a brilhar o dia de Jesus e já saboreamos sua benéfica luz… em vós, ó Maria, já sua luz resplandece desde o vosso nascimento, pois já em vós se vê a isenção do pecado, a plenitude da graça. Sois fonte rica, sem medida, de caridade para com todos os homens, pois que todos somos pecadores. (B. Bossuet, Nascimento da Virgem 2,1; 3, exórdio, in La Madonna, p.150.164)

II

Ó Maria, sois a criatura que conheceu o dom de Deus, e dEle nenhuma gota perdeu. Tão pura e luminosa sois que pareceis a própria luz! “Espelho de justiça”: tão simples e perdida em Deus foi vossa vida que quase impossível é falarmos dela! “Virgem fiel”: sois a Virgem fiel, “a que guardava todas as coisa no coração”. No segredo do templo, tão pequenina permanecestes e tão recolhida na presença de Deus, que sobre vós atraístes as complacências da Santíssima Trindade. “Porque se dignou o Senhor volver o olhar para a pequenez de sua serva, todas as gerações me chamarão bem-aventurada!”

Inclinando-se o Pai sobre vós, criatura tão bela que ignoráveis completamente vossa própria beleza, quis que fôsseis no tempo a Mãe daquele de quem é Pai na eternidade. Intervém então o Espírito de Amor, que preside a todas as operações de Deus; e vós, ó Virgem, dissestes vosso “Fiat”: “Eis a serva do senhor, faça-se em mim segundo a vossa palavra”. Realizou-se, nesse momento, o maior dos mistérios e, pela encarnação do Verbo, vós, ó Maria, fostes, para sempre, a presa de Deus! (Isabel da Trindade, 1 Retiro 10,1).

ORAÇÕES A NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

paroquia-nossa-senhora-de-fatima-1

Um dos insistentes pedidos de Nossa Senhora de Fátima foi este: “Rezem o terço todos os dias”.

 

I

Santíssima Virgem Maria, que nos montes de Fátima Vos dignastes revelar a três humildes pastorinhos os tesouros de graças contidos na prática do vosso Santo Rosário, incuti profundamente em minha alma o apreço com que devo Ter a essa devoção, para Vós tão querida, a fim de que aproveite de seus preciosos frutos.  Volvei, ó Maria, Vossos olhos cheios de piedade sobre mim, que tanto preciso de vosso auxílio; mostrai a mim como a outros tendes mostrado, que sois verdadeira Mãe de misericórdia, enquanto eu de todo coração Vos saúdo e Vos invoco com minha soberana e Rainha do Santíssimo Rosário. Nossa Senhora, rogai por nós. Amém.

II

Ó Virgem de Fátima, Vós que desejais a paz verdadeira, trazida por vosso Filho Jesus, e que não vos cansais de velar por vossos filhos e filhas, suplicai a Deus por nós, para que nos restitua a esperança de um convívio familiar pacífico e harmonioso. Vós, ó Senhora da esperança, que aparecestes aos três pastorinhos em Fátima, confiando-lhes vossas preocupações com a paz em um mundo que ardia em ódio e descrença, fazei que nós também, seguindo o exemplo de vossos leais mensageiros, nos tornemos solícitos orantes da paz e do perdão. Eliminai, ó Senhora, todo ódio e sentimentos de vingança que envenenam as relações de pessoas, grupos e sociedades. Nossa Senhora de Fátima, dai-nos a paz! Amém.

III

Santíssima Virgem, que nos montes de Fátima vos dignastes revelar aos três pastorinhos os tesouros de graças que podemos alcançar, rezando o Santo Rosário, ajudai-nos a apreciar sempre mais esta santa oração, a fim de que, meditando os mistérios da nossa redenção, alcancemos as graças que insistentemente vos pedimos (pedir a graça). Ó meu bom Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu e socorrei principalmente as que mais precisarem. Nossa Senhora do Rosário de Fátima, rogai por nós.

 

IV

Santíssima Virgem, que nos montes de Fátima vos dignastes revelar a três pastorinhosos tesouros de graças contidos na prática do vosso Santo Rosário, incuti profundamente em nossa alma o apreço em que devemos ter esta devoção, a vós tão querida, a fim de que, meditando os mistérios da Redenção, que neles se comemoram, nos aproveitemos de seus preciosos frutos e alcancemos a graça (pede-se a graça) que vos pedimos, se for para a glória de Deus e proveito de nossas almas. Assim seja. Pai-nosso, Ave-Maria, Glória ao Pai.

 

V

(na doença)

Mãe Santíssima, que tendes querido aparecer em Fátima, para avivar a nossa confiança em vosso amor e poder, vinde em nosso auxílio nesta enfermidade que a Divina Providência nos envia. Alcançai-nos a graça de conformidade completa com a santíssima vontade de Deus e a saúde perfeita, se assim lhe aprouver, para que, gozando da paz e de toda a tranquilidade, o possamos servir fielmente, todos os dias de nossa vida. Em vós, Mãe amorosíssima, depositamos toda a nossa confiança de sermos por vós atendidos bondosamente, de modo que bem depressa vos possamos vir agradecer, como filhos e servos vossos. Amém. Três Ave-Marias

 

VI

Ó Maria, que em Fátima nos tendes revelado o vosso Coração Imaculado, fonte dos mais preciosos ensinamentos e das mais eficazes graças, eis-nos aqui aos vossos pés, humildes e confiantes, ansiosos de ser por vós introduzidos no amor sempre mais ardente do nosso Deus, certos de ser benignamente atendidos em nossas necessidades pelo vosso amor de Mãe e pelo vosso poder de excelsa Rainha dos Céus. Ave Maria. Amém!

 

VII

Mãe de Fátima, vós que nos ensinastes, por meio destas humildes crianças, a realizar os serviços mais simples e a enfrentar as pequenas dificuldades de cada dia, dai-nos a coragem de nunca desanimar, sobretudo quando as forças começarem a faltar. Amém!

 

VIII

Ó Santíssima Virgem Maria, Rainha do Rosário e Mãe de Misericórdia, que vos dignastes manifestar em Fátima a ternura de vosso Imaculado Coração trazendo-nos mensagens de salvação e de paz, confiados em vossa misericórdia maternal e agradecidos das bondades de vosso amantíssimo coração, vimos a vossos pés para render-vos o tributo de nossa veneração e amor. Concedei-nos as graças de que necessitamos para cumprir fielmente vossa mensagem de amor, e a que vos pedimos agora, se forem elas para maior glória de Deus, honra vossa e proveito de nossas almas. Assim seja!

AS CINCO ORAÇÕES REVELADAS POR NOSSA SENHORA ÀS CRIANÇAS NAS APARIÇÕES DE FÁTIMA

As aparições de um anjo e de Nossa Senhora a três crianças pobres em Fátima, Portugal, no início do século XX, é um dos milagres mais famosos do mundo católico.
As crianças receberam muitas mensagens, principalmente pedindo conversão pessoal e oração, bem como as palavras de 5 novas orações.
A primeira oração é a que muitos católicos provavelmente já estão familiarizados, mas as outras 4 não são tão conhecidas.

Aqui estão as 5 orações dadas às crianças em Fátima:

1) Oração de Fátima / Oração da Dezena do terço
“Ó meu Jesus, perdoai-nos os nossos pecados, livrai-nos do fogo do inferno, levai todas as almas ao Céu, especialmente as mais necessitadas da Tua misericórdia.”
Maria disse às crianças que as pessoas deveriam acrescentar esta oração ao final de cada dezena do Rosário.

2) A oração de perdão
“Meu Deus, eu creio, eu adoro, espero e te amo! Peço perdão por todos aqueles que não creem, não adoram, não esperam e não te amam”.
Esta oração foi dada às crianças pelo anjo que as visitou em 1916, um ano antes de Maria lhes aparecer.

3) A oração do anjo

“Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, adoro-Vos profundamente e ofereço-Vos o Preciosíssimo Corpo, Sangue, Alma e Divindade de Jesus Cristo, presente em todos os sacrários da Terra, em reparação dos ultrajes, sacrilégios e indiferenças com que Ele mesmo é ofendido. E pelos méritos infinitos do seu Santíssimo Coração e do Coração Imaculado de Maria, peço-Vos a conversão dos pobres pecadores.”
Esta é outra oração dada a eles pelo anjo. Havia uma hóstia e um cálice eucarísticos suspensos no ar, e o anjo os conduziu ajoelhados diante dela e orando esta oração.

4) A Oração Eucarística
“Santíssima Trindade, eu Te adoro! Meu Deus, meu Deus, eu Te amo no Santíssimo Sacramento.”
Quando Maria apareceu às crianças pela primeira vez em 13 de maio de 1917, ela disse: “Vocês passarão por muitos sofrimentos, mas a graça de Deus será o vosso conforto.”

De acordo com Lúcia, uma das crianças, uma luz brilhante irradiava ao seu redor, e sem pensar nisso, eles começaram a recitar essa oração.

5) A Oração do Sacrifício
“Ó Jesus, é por amor de Ti, em reparação pelas ofensas cometidas contra o Imaculado Coração de Maria, e pela conversão dos pobres pecadores [que eu faço isto]”.
Maria deu às crianças esta oração, assim como a Oração de Fátima, em 13 de junho de 1917. A oração é destinada a ser recitada quando você está oferecendo sofrimento a Deus.

Fonte: pt.churchpop.com